Sobre a SBPRJ

1959
Fundação da SBPRJ

 

 

Nasce em 29/07/1959 a Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro (SBPRJ), reconhecida como sociedade componente da International Psychoanalytic Association (IPA).

 

Membros fundadores:

Alcyon Bahia, Danilo Perestrello, Décio de Souza, Edgard de Almeida, Henrique Mendes, Inaura Carneiro Leão Vetter, João Cortes de Barros, Luiz Werneck, Manoel Thomaz Lyra, Marialzira Perestrello, Mário Pacheco de Almeida Prado, Pedro Ferreira, Walderedo Ismael de Oliveira e Zenaira Aranha.

 

Primeira turma de candidatos do Instituto à formação:

Drs. Ana Elisa Mercadante, Arlindo Fraga, Jayme Salomão, José Cândido Bastos, Lino de Mello e Silva, Lourival Coimbra, Maria Luiza Pinto, Waldemar Zusman e Yara Lansac.

 

 

Hoje
 

Desde a sua fundação, a Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro (SBPRJ) procura manter um padrão de excelência na formação de psicanalistas e na aquisição, aplicação e difusão dos conhecimentos psicanalíticos.

Através do seu Instituto de Ensino e Formação Psicanalítica oferece condições teóricas e técnicas para a formação e qualificação como psicanalista. Oferece, também, uma formação complementar em Psicanálise de crianças e adolescentes.

Conselho Científico promove reuniões científicas, reuniões clínicas, palestras, simpósios e jornadas para o aperfeiçoamento dos seus membros. Promove, também, o Psicanálise & Cinema — com debates sobre filmes, séries e documentários.. Muitos desses encontros são abertos a não-membros visando difundir o pensamento psicanalítico aos profissionais e estudantes da área de saúde e ao público em geral. Dentro do mesmos objetivos, a Bibliotecaespecializada em Psicanálise e suas articulações, possui um dos mais amplos acervos. Disponibiliza livros e artigos de periódicos aos membros e oferece serviço de consultas ao público externo.

A SBPRJ conta com um Conselho Profissional voltado para os psicanalistas como garantia do cumprimento dos seus deveres dentro de princípios éticos consagrados, assim como dos seus direitos. Uma Ouvidoria estruturada, voltada para a manutenção dos mesmos padrões éticos, atende aos membros e ao público em geral.

A SBPRJ é uma sociedade científica em permanente ampliação das suas fronteiras, buscando sempre um contato próximo com outras áreas de saber e com a comunidade como um todo. O Departamento de Difusão da Psicanálise tem como meta expandir os conhecimentos adquiridos para além da nossa cidade e do nosso estado. O Centro de Estudos organiza cursos voltados para profissionais e estudantes de áreas afins e cursos específicos para o público leigo. O Departamento de Publicações edita um informativo, Intervalo Analítico, para divulgar as nossas atividades e difundir o nosso saber. Este serviço também é realizado por este site, onde os interessados encontram sempre informações atualizadas. A revista Trieb, editada regularmente, alimenta o intercâmbio científico entre psicanalistas e profissionais de outras formações.

Na área da cultura, mantém dois Programas de Rádio em parceria com a Rádio MEC-AM.

O contato com a comunidade mais ampla se dá também através da Clínica Social, que possibilita o acesso ao atendimento psicanalítico com preços acessíveis às condições financeiras dos interessados. O Propis (Programa de Psicanálise e Interface Social) desenvolve projetos voltados para grupos específicos da população.

Ao longo dos anos a SBPRJ tem estabelecido parcerias com outras sociedades psicanalíticas, universidades, organizações não-governamentais, instituições públicas e privadas, comunidade dos países africanos de língua portuguesa, sempre no objetivo de solidificar nossos ideais científicos, culturais e éticos. Sociedade componente da International Psychoanalytic Association (IPA), da Federação Psicanalítica da América Latina (FEPAL), da Federação Brasileira de Psicanálise (FEBRAPSI) com as quais desenvolve intercâmbios científicos. Reconhecida como de utilidade pública federal, estadual e municipal.

Em torno de 283 membros nas diversas categorias integram o corpo societário. A sede própria com uma sala de reunião e salas de aula, cuidada por um quadro de 6 funcionários, localiza-se na Rua David Campista, 80 - Humaitá - Rio de Janeiro.