Curso Frantz Fanon e o mal-estar colonial: questões para a Psicanálise

10 e 24/08, 14 e 28/09

terças-feiras - 20:30

VIA ZOOM


com

Prof. Dr. Deivison Mendes Faustino, Professor de Ciências Sociais e Humanas (UNIFESP-BS). Integrante do Grupo Kilombagem do Instituto AMMA PSIQUE E NEGRITUDE.

Tópicos

/ Capitalismo, colonialismo, racismo e racialização;

/ A filogenia, a ontologia e a sociogenia da experiência psíquica: singularidades,

particularidades e universalidade;

/ Dupla consciência e duplo narcisismo;

/ Interdição e a reabilitação da dialética;

/ Encruzilhadas entre a clínica e político.


O curso é aberto a profissionais e estudantes de todas as áreas.


Sua finalidade é apresentar as reflexões de Frantz Omar Fanon sobre a relação entre colonialismo, racialização e sofrimento psíquico problematizando, de um lado, os seus diálogos e tensões com a Psicanálise, a fenomenologia e a dialética hegeliana, do outro lado, as suas posições à respeito de uma clínica implicada, atenta às dimensões políticas da subjetividade.


Objetivo

O curso “Frantz Fanon e o mal-estar colonial: questões para a Psicanálise” pretendeapresentar, introdutoriamente, as reflexões de Frantz Omar Fanon sobre a relação entre colonialismo, racialização e sofrimento psíquico, com ênfase à sua mobilização singular da psicanálise para uma clínica implicada e uma crítica social da cultura.

Programa e bibliografia recomendada - Fr
.
Download • 946KB


Inscrições pela Sympla

R$ 100 + tx. Sympla (por aula)

R$ 320 + tx Sympla (4 aulas)


Inscrição para as 4 aulas (10 e 24/08, 14 e 28/09)


Inscrição para aula 1 - 10/08

Inscrição para aula 2 - 24/08

Inscrição para aula 3 - 14/09

Inscrição para aula 4 - 28/09


Gratuito para Estudantes/profissionais negros, indígenas e refugiados

Inscrições encerradas

Realização: Centro de Estudos Psicanalíticos SBPRJ