IA digital (1).png

Se Freud não teve o privilégio de nomear o masoquismo, ele no entanto lhe conferiu um estatuto privilegiado em sua obra. O pai de nossa tão desmoralizada psicanálise estendeu a noção de masoquismo para além da perversão sexual, não apenas reconhecendo a parte deste nos primórdios da sexualidade infantil e do comportamento sexual dos adultos, mas especialmente suas formas derivadas, como o masoquismo moral e a reação terapêutica negativa. O masoquismo ainda desafia a teoria psicanalítica, onde o sofrimento, em razão de um sentimento de culpa inconsciente, se torna ele mesmo o objetivo secretamente buscado da “cura”. Neste novo número do Intervalo Analítico, convidamos alguns autores para compartilhar conosco suas ideias e opiniões acerca desse tema obscuro e ao mesmo tempo tão apaixonante. Ele traz também entrevistas marcantes, notícias institucionais, o sambista Nelson Cavaquinho e sua dor, uma resenha sutil e perspicaz do último Almodóvar e, por fim, um comovente ensaio do escritor José Castello, que estreia a nova coluna do jornal.
Vamos então à dor e à delícia de ser o que é, como diria Caetano Veloso. 
Boa leitura!

Sandra Gonzaga e Silva - Editora

Tiago Mussi - Coeditor

Projeto
"Psicanálise e Democracia
em Pauta"

A Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro - SBPRJ apresenta, através da sua presidente Lúcia Palazzo, o Projeto “Psicanálise e Democracia em Pauta.”
O Brasil vive um momento decisivo para a preservação da Democracia. 
Acreditamos que a justiça e a paz social, gravemente ameaçadas neste momento, têm na liberdade plena um de seus valores fundamentais. 
A Democracia, como obra inacabada, é construída e reconstruída todos os dias. Exige pactos, mediações, renúncias.  Disposição para reconhecer e transpor conflitos – experiência inerente ao humano e à inexorável convivência com o diferente de nós.
A Psicanálise e a História reiteradamente revelam que as verdades definitivas, as vozes únicas e as promessas de salvação, tiranizam em nome da proteção, infantilizam em nome da emancipação.  E ainda, geram violência, intolerâncias, fome, racismo estrutural, destruição ambiental, ataque ao saber e alienação coletiva O projeto “Psicanálise e Democracia em Pauta” ecoará a voz daqueles que se indignam frente ao ataque sistemático à Democracia e acreditam que somente a ação diligente pela preservação...

Cadastre o seu e-mail e receba a nossa programação!

Parabéns! Sua assinatura foi concluida

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

Endereço: Rua David Campista, 80 - Humaitá

Rio de Janeiro - RJ CEP: 22261-010

Contato: sbprj@sbprj.org.br

 

Copyright © 2019 SBPRJ. Todos os direitos reservados